quarta-feira, maio 25, 2011

Alimentos Proibidos Na Amamentação

Bem, todo mundo ou quase todo mundo sabe que durante a amamentação deve-se comer muitas frutas, verduras, carnes magras, beber bastante líquido... Mas existe algum alimento PROIBIDO durante esse período? Cada bebê reage de maneira diferente à amamentação e é impossível saber previamente quais são os alimentos que causam choro, irritabilidade, gases, reações alérgicas nos bebês ou recusa do seio materno. O melhor é observar as reações de cada um e adequar a dieta da mãe às reações dos recém-nascidos. Muitos deles não apresentam nenhuma reação negativa aos alimentos ingeridos pela mãe.

O melhor é comer de maneira variada e saudável durante a amamentação, não ingerir vários alimentos “suspeitos” na mesma refeição e observar o comportamento do bebê. Caso tenha ficado uma dúvida, tente ingerir este alimento separado e observe o seu filho em um outro dia. Veja se a reação que foi atribuída ao alimento ocorreu novamente. Alguns alimentos podem causar reações no início da amamentação, mas depois de uns meses não apresentarem o mesmo efeito, por isso devem ser novamente experimentados.
Algumas mães relatam uma ocorrência maior de reações nos bebês com a ingestão de determinados alimentos. São eles:

Brócolis, couve, couve-flor, couve-de-bruxelas, repolho, nabo, mostarda e outras hortaliças da família das crucíferas, além dos pimentões e pepino. Apesar de muito ricos em nutrientes, podem alterar o sabor do leite, causar a formação de gases ou irritação em alguns bebês.

Aspargos, cebola, alho e pimenta podem alterar o sabor do leite. Muitos bebês podem gostar desta alteração de sabor, mas é aconselhável observar a aceitação do seio. A mamãe não deve exagerar em temperos e condimentos sem antes saber quais são as reações do seu filho a determinados sabores.

O leite e seus derivados (queijo, iogurte, manteiga, etc) podem causar reações alérgicas em alguns bebês. São reações raras e mais prováveis de ocorrerem caso haja história familiar de alergia. Os sintomas podem aparecer em minutos ou até horas após a mamada. Podem aparecer como diarreia, reações na pele, gases, coriza ou congestão nasal e tosse. Se houver suspeita de alergia, a mãe deve suspender a ingestão destes alimentos e procurar ajuda médica com o pediatra da criança.

O chocolate pode causar irritabilidade e aumentar o peristaltismo intestinal do bebê. O consumo deve ser ocasional e moderado para todas as pessoas e a lactante não é uma exceção. Se a mãe notar que o seu filho reage mal, deve deixar de consumir chocolate enquanto estiver amamentando.

Frutas cítricas como laranja, limão, tangerina, morango e kiwi podem levar a desconfortos, vômitos, diarreia, irritação na pele, coriza ou congestão nasal. Elas também podem deixar as fezes mais ácidas e isso pode piorar assaduras na região do bumbum.
As leguminosas (feijões, grãos, favas e lentilhas) são ricas em nutrientes, mas podem causar a formação de gases em certos bebês. Caso isso ocorra, a mãe pode, inicialmente, variar a qualidade, reduzir a quantidade e fracionar entre as refeições o consumo dos alimentos deste grupo. Se não houver resultados positivos, pode ser necessário deixar de consumi-los temporariamente. Foi o único alimento que tive que suspender na época em que amamentei.

Café, chá preto e bebidas energéticas podem causar irritação e até insônia no bebê. Melhor evitar. Assim como os refrigerantes, que podem causar gases.

Agora, proibido mesmo só bebida alcoolica. A história que cerveja preta estimula a produção de leite é mito. O que estimula é muita água e dar com frequência o peito: quanto mais você amamentar,mais leite virá!

Fonte:ABC da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário